Programas

Programa de crescimento e nutrição na Primeira Infância

Este programa tem como objetivo avaliar o estado nutricional das crianças, promover atividades de educação e aconselhamento nutricional e oferecer orientações em consultas individuais ou em grupo. É realizado por médicos, enfermeiras e nutricionistas baseados nos conceitos da segurança alimentar, do aconselhamento e educação nutricional.

Programa de desenvolvimento na Primeira Infância

O período que se estende de 0 a 6 anos é conhecido como Primeira Infância, e constitui o momento na vida em que desenvolvemos capacidades e habilidades essenciais para nosso desenvolvimento como um todo. O programa é destinado a assistir crianças através de ações de promoção do desenvolvimento, considerando as necessidades e potencialidades individuais em parceria com as famílias, tendo em vista o contexto social, econômico e cultural em que vivem. Este programa conta com uma equipe multiprofissional: pediatra do desenvolvimento, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, fonoaudióloga, psicóloga e psicomotricista.  

Programa de atenção à Mulher Cuidadora

A iniciativa se pauta no reconhecimento da influência que os pais, em especial as mães, têm sobre o desenvolvimento dos filhos, aliado à constatação de que as mulheres exercem um papel de grande liderança na família e consequentemente na comunidade. Este programa é composto por uma equipe multiprofissional formada por especialistas em Serviço Social, Psicologia e Psicomotricidade. Dentre as ações desenvolvidas destaca-se o Grupo Conviver e a Unidade Profissionalizante, em atuação com os projetos Vai Maria, Transformaria e Mãe Colaboradora.  

Vai Maria

 Este projeto configura-se numa iniciativa de promoção do desenvolvimento humano focado em contribuir com a melhoria das condições de vida das mães e/ou cuidadoras das crianças assistidas pelo IPREDE, por meio de cursos de capacitação profissional em corte e costura, além das aulas de campo em visitas a fábricas têxteis locais, para uma visão de mercado mais ampla. E, ao final do ano, foi realizado um desfile no qual as peças produzidas por elas foram apresentadas por elas mesmas ao público. O projeto tem como princípio básico o fortalecimento da autoestima e autonomia dessas mulheres através de ações que potencializam sua identidade feminina. Vale ressaltar a importância da didática que embasa esse foco, com o intuito de estabelecer um sentido geral para a ação pedagógica e o referencial que fundamenta a prática das atividades, no sentido de buscar unidade no trabalho realizado. Os dois ciclos do projeto (2018 e 2019) foram apoiados pelo Criança Esperança, e o segundo ciclo se encerra com o desfile da coleção Brasilidade, no qual as mães irão celebrar o fim do ciclo e o início de outro: a criação da marca Vai Maria, um negócio social voltado para garantir a continuidade e autosustentabilidade do projeto, e a geração de renda para as mães participantes.  

Transformaria

No Projeto Transformaria, as mães e/ou cuidadoras das crianças assistidas pela instituição adquirem habilidades produtivas na gastronomia básica, ao mesmo tempo em que participam de uma proposta de formação em serviço, baseada numa ação pedagógica pautada em investimentos no seu crescimento pessoal, familiar e social. O ciclo 2019 do projeto recebeu apoio do Criança Esperança, e será encerrado com um evento gastronômico para celebrar a segunda turma a ser formada.  

Mãe Colaboradora

 O Projeto Mãe Colaboradora é uma das principais ações institucionais de trabalho com as mulheres. Durante um ano, as mães colaboram com a Instituição e desenvolvem ações de formação em serviço, objetivando desenvolver habilidades e competências para o universo do trabalho, com forte investimento em formação pessoal, possibilitando a melhora na condição de empregabilidade.
Translate »